Triagem em papel filtro

Imunoscreen é a mais completa linha validada e padronizada para triagem em papel filtro. A linha está devidamente regularizada na ANVISA para as seguintes aplicações:

  • Triagem de doenças infecciosas;
  • Triagem neonatal.

Acesse o site oficial: clique aqui

Testes Rápidos

► Ensaios imunocromatográficos;

► Não necessita de instrumentação para execução;

► Armazenagem em temperatura ambiente;

► Resultados rápidos e seguros;

► Embalagem individual;

► Fácil de usar.

Látex

► Reagentes líquidos prontos para uso;

► Alta qualidade enzimática;

► Excelente custo x benefício;

► Assessoria Científica permanente.

Meios de Cultura

► Praticidade e segurança no uso;

► Disponíveis em placas;

► Padronização e qualidade em sua rotina;

► Redução de mão-de-obra no processo de produção;

► Lotes acompanhados de Certificado de Controle de Qualidade.

Dualmedium Sangue / MacConkey

Finalidade
Ágar Sangue MBiolog é um meio de cultura de base rica. Utiliza-se ágar columbia como base deste meio, sem glicose, pois esta poderia atrapalhar a visualização da hemólise. Acrescido de 5% de sangue de carneiro desfibrinado. Excelente meio para o isolamento estreptococos beta-hemolíticos.
Ágar MacConkey MBiolog é um meio seletivo para enterobactérias destinado à detecção, isolamento, contagem de coliformes e patógenos intestinais da água, laticínios e materiais biológicos.

Princípio de ação
Ágar Sangue
O meio de Ágar sangue, usando uma base rica, fornece condições de crescimento para a maioria dos microrganismos. A conservação dos eritrócitos íntegros favorece a percepção da hemólise, úteis para a diferenciação de bactérias como os Streptococcus spp.
Ágar MacConkey
Organismos que fermentam lactose, produzem pH localizado, o qual, seguido pela absorção do vermelho neutro contido no meio, confere uma coloração vermelha ou rósea à colônia, enquanto que colônias não fermentadoras de lactose permanecem incolores ou transparentes.

Amostra
Ágar Sangue
As amostras analisadas são espécimes suspeitos de conterem patógenos que requeiram confirmação adicional, especificação e classificação de importância em saúde pública. (Sangue, urina, secreções, exsudatos e transudatos, amostras histológicas, etc.). Para amostras de urina, lavado bronco-alveolar, ou qualquer outro material que necessite quantificação, o inóculo deve ser realizado com o uso de alça calibrada, de forma a se determinar o número de unidades formadoras de colônia/mL.
Ágar Macconkey
Amostras biológicas, águas de esgotos e alimentos, suspeitos de conterem enterobactérias.
Não é aconselhado o armazenamento da amostra. Em casos extremos, em que não se pode realizar o inóculo imediato, a amostra deve ser conservada sob refrigeração.

Procedimento
Inocular a amostra por estrias através de esgotamento da alça de platina. Obedecer os critérios internos do laboratório acerca das condições de assepsia e esterilidade do local de trabalho. Incubar a placa inoculada à 35 ± 2ºC por até 72 horas. Enquanto incubadas, observar as placas de 24h em 24h.

Interpretação
Ágar Sangue
Não havendo crescimento bacteriano, constata-se amostra isenta de bactérias.Havendo crescimento de colônias, proceder testes complementares (provas bioquímicas, meios seletivos, provas sorológicas, etc.).
Ágar MacConkey
Não havendo crescimento bacteriano,constata-se amostra isenta de bactérias. As bactérias fermentadoras de lactose produzem colônias vermelhas ou rosadas. Outros bastonetes Gram-negativos, como Pseudomonas sp. E Aeromonas sp. também apresentam crescimento, formando colônias cuja coloração varia de incolor até verde café. Bastonetes Gram-positivos têm seu crescimento inibido pelos sais biliares e pelo cristal violeta. Em número reduzido, Enterococcus faecalis pode desenvolver-se, formando colônias puntiformes vermelhas.

Apresentação
Meio de cultura pronto para uso em placa de petri.
Placas de petri compartimentadas: 10 placas

Bula Dualmedium Sangue-MacConkey vs02
FISPQ Agar Sangue / MacConkey